quinta-feira, 7 de maio de 2015

O que Aconteceria se Detonássemos Todas as Nossas Bombas Nucleares na Lua? [Artigo]

Todas as pessoas têm noção de, quando se fala em bombas nucleares, tratar-se de artefatos com um enorme potencial explosivo, capazes de destruir e esterilizar grandes áreas. Mas e se levássemos todo o nosso arsenal de armas nucleares para a Lua e as detonássemos lá? O que poderia acontecer ao nosso satélite natural?

Bom, haveria lindos flashes de luz visíveis aqui da Terra se uma grande quantidade destas bombas fosse detonada em uma área relativamente pequena. Se as explosões fossem suficientemente mais espaçadas, os cidadãos mais distraídos com seus afazeres diários dificilmente se dariam conta do que estaria acontecendo por lá.
Hipernovas: O que Aconteceria se Detonássemos Todas as Nossas Bombas Nucleares na Lua? [Artigo]


Mas lá na Lua, a radiação resultante destas explosões, deixaria grandes áreas radioativas por um bom tempo e isto dificultaria quaisquer tentativas futuras de se estabelecer bases lunares em tais áreas. Colonizadores pioneiros, além de lidar com a radioatividade gerada pelas bombas, teriam ainda que se preocupar com os raios cósmicos e com a radiação vinda do Sol, já que a Lua não tem atmosfera, nem tampouco campo magnético para protegê-los.

Já com relação a causar algum dano estrutural à Lua, isto definitivamente não iria acontecer. Ela não se partiria ao meio, não seria lançada rumo ao espaço interplanetário, nem rumo à Terra. Tais explosões abririam algumas pequenas crateras e levantariam grandes nuvens de poeira facilmente visíveis daqui, mas ficaria só nisso.

Bombas nucleares são grandes ameaças à vida e às frágeis estruturas construídas por nós humanos, mas são inofensivas contra grandes corpos massivos com a Lua ou a Terra.
Hipernovas via: www.hipernovas.com.br