sexta-feira, 12 de junho de 2015

Agência Espacial Japonesa Quer Escavar Luas de Marte e Trazer Amostras Para a Terra [Artigo]

Em 2010, a sonda japonesa Hayabusa se tornou a primeira missão a pousar em um asteroide, coletar amostras e trazê-las para a Terra. Agora, a JAXA (Agência Espacial Japonesa) tem planos para realizar a façanha novamente, mas desta vez em uma, senão nas duas luas de Marte.

A agência anunciou, na terça passada, que quer pousar uma sonda em Deimos e/ou Phobos para escavar e trazer um pouco de sujeira de lá para cá. Tais amostras poderiam nos contar muita coisa a respeito da composição e história das luas marcianas.
Hipernovas: Agência Espacial Japonesa Quer Escavar Luas de Marte e Trazer Amostras Para a Terra [Artigo]


A missão está em fase de levantar fundos, logo, detalhes sobre a sonda e cronograma ainda não estão definidos, mas a JAXA quer que a sonda decole em 2022. Se ela decolar mesmo, será a primeira a mirar e pousar em uma lua marciana. Vale lembrar que a Rússia já tentou levar uma nave para Phobos com sua sonda Fobos-Grunt, mas a sonda se perdeu e caiu de volta na Terra antes de deixar sua órbita.
Phobos - 26 km de diâmetro

Já a nova missão da JAXA pode influenciar fortemente os planos da NASA de levar o homem ao planeta vermelho por volta de 2030. Parece haver um consenso cada vez maior em usar Phobos ou Deimos como degraus até Marte. As duas luas são muito mais fáceis para pousar e decolar do que Marte, o que reduziria muito os custos.
Deimos - 15 km de diâmetro

Em um de seus planos (inglês), a NASA planeja mandar seus astronautas até uma base em Phobos para que eles então desçam à Marte, mas antes de arriscar vidas humanas em tal viagem é muito mais prudente mandar alguma sonda para dar uma espiadinha no local. Os dados da sonda da JAXA podem nos ajudar a garantir que uma futura missão tripulada até lá possa pousar em segurança e fazer com que os futuros astronautas conheçam melhor o que os espera.

Hipernovas via: www.popsci.com