sábado, 18 de julho de 2015

É Possível Que Uma Cabeça Mantenha Consciência Por Algum Tempo Após Ser Decapitada? [Artigo]

Alguns relatos antigos afirmam que cabeças pareciam "viver" por ainda alguns poucos segundos após terem sido separadas de seus corpos. Tais relatos dão conta de que algumas cabeças piscavam os olhos, mudavam expressões faciais e até mesmo tentavam falar.
Hipernovas: É Possível Que Uma Cabeça Mantenha Consciência Por Algum Tempo Após Ser Decapitada? [Artigo]


Durante a Revolução Francesa, um carrasco segurou a cabeça decepada de Charlotte Corday (a assassina do político Jean-Paul Marat) e deu um tapa em sua face. Testemunhas afirmaram que os olhos da Srta. Corday se dirigiram ao carrasco e uma expressão inconfundível de nojo tomou conta da face da mulher decapitada.

Mais recentemente, em 1989, um militar veterano que testemunhou seu amigo ter sido decapitado em um acidente de carro, disse que sua cabeça demonstrava emoções como choque, terror e dor, mas o que mais lhe impressionou foi ver os olhos da cabeça decepada olhando para seu corpo separado.

Embora haja alguns relatos como este, cientistas afirmam que após uma decapitação, o cérebro sofre uma dramática perda de pressão sanguínea. Com a rápida perda de sangue e de oxigênio, o cérebro rapidamente entra em coma e pouco tempo depois, experimentaria a morte.

Por outro lado, estudos recentes realizados em animais, parecem dar credibilidade às duas histórias arrepiantes contadas no início deste artigo.

Em 2011, cientista holandeses conectaram eletroencefalogramas em camundongos e então os decapitaram. Os resultados mostraram atividade elétrica cerebral persistia, a qual indicava consciência por ainda quase 4 segundos. Estudos posteriores em outros pequenos mamíferos mostraram este tipo de atividade consciente se estendia por períodos ainda mais duradouros que 4 segundos.

Se a mesma coisa for válida para humanos, 4 segundos podem ser tempo suficiente para uma cabeça decapitada ter a horrível sensação de que foi separada de seu corpo, contemplando a terrível realidade que a cerca. É mesmo uma forma terrível de morrer.

Nos ratos decapitados, o eletroencefalograma apontou morte após 17 segundos da decapitação, mas depois, os cientistas notaram algo muito estranho: Um minuto após as decapitações, uma onda elétrica percorreu os cérebros de todos os ratos estudados.

Cientistas chamaram esta onda elétrica de "onda da morte" e ela seria uma espécie de ponto de não retorno. A partir deste momento, a morte teria se instalado definitivamente.

Referências:
1- http://www.livescience.com/39219-can-severed-head-live.html
2- http://www.livescience.com/15264-brain-death-decapitation.html