segunda-feira, 20 de julho de 2015

Por Quais Motivos Não se Pode Construir Bases Para Lançamento de Foguetes Espaciais em Quase Qualquer Local na Terra, Como Acontece Com Aeroportos? [Artigo]

A Rússia utiliza a Base de Baikonur, localizada no Cazaquistão, para lançar seus foguetes ao espaço. Isto gera uma pergunta interessante: Por que países como a Rússia, Estados Unidos ou outras nações não constroem mais bases para lançamento de foguetes em outros locais?
Hipernovas: Por Quais Motivos Não se Pode Construir Bases Para Lançamento de Foguetes Espaciais em Quase Qualquer Local na Terra, Como Acontece Com Aeroportos? [Artigo]


No caso da Rússia, a base em Baikonur foi construída na época da extinta União Soviética e nesta época o Cazaquistão era parte da própria União Soviética. Com o fim da União Soviética e a posterior separação das nações que a formava, a Rússia optou por "pedir emprestado" a base de Baikonur ao Cazaquistão ao invés de gastar montanhas de dinheiro para construir uma nova em território próprio.

Além disso, há outros motivos para que a Rússia continue a utilizar o Cosmódromo de Baikonur:

Se você leu o livro Da Terra à Lua, de Júlio Verne, provavelmente já sabe de parte da resposta. Verne corretamente sugeriu, mais de um século antes do histórico pouso da Apollo na Lua, que um bom local para se lançar um foguete, deveria estar o mais próximo possível do equador do planeta.

Quanto mais próximo do equador for um lançamento, mais o foguete se beneficiará da velocidade de rotação da Terra, que é adicionada, quando o foguete é lançado rumo ao leste.

Se o lançamento tiver como objetivo a lua, é conveniente que se tenha uma base de lançamento que fique próximo ao plano orbital da Lua. Assim evita-se gastar muitos milhões de dólares em combustível extra, que teria de ser usado em uma caríssima manobra de correção de curso, obviamente, totalmente desnecessária.

Po último, é prudente que se tenha pouca ou nenhuma população habitando próximo a área de lançamento, especialmente na direção de onde serão feitos os lançamentos. Desta forma, se algo der errado, não haverá risco de toneladas de combustível em chamas caindo sobre as cabeças das pessoas. Isso sem falar nos destroços decorrentes de uma explosão.

Abaixo, um diagrama mostrando todas as bases de lançamentos de foguetes, entre bases ativas, abandonadas e em fase de desenvolvimento. Clique na imagem para abri-la em tamanho grande.
Bases ou projetos de bases de lançamento de foguetes mundo afora.
Na legenda: Active Site = Base ativa; Projected site = Base em projeto; Abandoned site = Base abandonada.