sábado, 11 de julho de 2015

Últimas Imagens Enviadas Pela New Horizons Revelam Estruturas Geológicas em Plutão [Artigo]

Antes era um pequeno ponto de luz, depois evoluiu para uma esfera desfocada, mas agora, como podemos ver nesta última imagem de Plutão obtida e enviada à Terra pela sonda New Horizons, o planeta anão começa a se revelar como um novo mundo, repleto de características interessantes. Entre elas, a imensa faixa de coloração escura, localizada próxima ao equador, que recebeu o nome de "baleia", uma extensa e complexa faixa diagonal e uma área misteriosa em forma de polígono.
Hipernovas: Últimas Imagens Enviadas Pela New Horizons Revelam Estruturas Geológicas em Plutão [Artigo]


Assim que as novas imagens de Plutão, capturadas pela Imageadora de Reconhecimento de Longo Alcance (LORRI) apareciam na tela do quartel general da missão, os membros e responsáveis pela New Horizons reagiam com surpresa e encantamento, ao observarem Plutão como ninguém nunca havia observado antes e a emoção só crescerá, à medida que a sonda histórica for se aproximando do sistema plutoniano (com a máxima aproximação acontecendo já nesta próxima terça feira, dia 14), adquirindo e enviando fotos com mais e mais resolução.
A equipe responsável pela missão reage com euforia ao receber as novas fotos enviadas pela New Horizons.

"Nós estamos perto o bastante para conseguir distinguir feições geológicas em Plutão", disse Curt Niebur, cientista da NASA em Washington, a qual tem interesse particular na área denominada pelos próprios cientistas como a cauda da baleia. "É uma região de transição com processos dinâmicos acontecendo, o que torna esta área de Plutão como de grande interesse científico", concluiu.
Aqui, a imagem que fez a alegria do time da New Horizons: Nela é possível distinguir três feições como; a cauda da baleia - na parte inferior central da imagem; uma faixa diagonal com características geológicas complexas e uma estrutura poligonal localizada na parte central esquerda da foto.

As imagens que são mostradas neste artigo foram adquiridas no dia 9 deste mês, quando a New Horizons estava a cerca de 5,4 milhões de km de PLutão e têm uma resolução de 27 km por pixel.
Nesta imagem, Plutão e Caronte (sua maior lua) podem ser vistos em um único quadro.

Referência: http://pluto.jhuapl.edu/News-Center/News-Article.php?page=20150710-2